Casa do Conto

cconto_sinalizar01

O escritório R2 Design foi responsável pelo projeto de ambientação que deu uma nova cara para a Casa do Conto que é uma casa burguesa  do século XIX e foi restaurada e transformada em pousada que está localizada em um bairro emergente do centro de Porto, Portugal. Depois de sofrer um incêndio poucos dias antes da sua inauguração, em 2009, foi realizado um novo projeto de restauração para recuperar o interior, onde tetos de madeira queimado e molduras de gesso decorativas retratando figuras como Cupido e instrumentos musicais como harpas, significaram uma grande perda cultural.

Para restaurar o espírito desse tesouro cultural, a Casa do Conto pediu para designers criarem uma reinterpretação destes motivos decorativos no teto de vários quartos e áreas comuns da residência. Ao invés de reviver o passado, os designers optaram por se libertar de reinterpretações figurativas dos projetos pré-existentes e abordaram o projeto de forma conceitual. Um grupo de pessoas familiarizadas com o espaço e que tinha acompanhado o processo de restauração antes do incêndio foram convidados a escrever um texto sobre cada um dos espaços. Levando sugestões do nome da residência, parecia que o resultado dos relatos – histórias – poderiam ser lidos ao longo de tetos que já contavam histórias do passado de outra forma.

Para cada texto foi atribuído um estilo gráfico diferente, permitindo que o assunto e tom guiassem a interpretação gráfica. Usando as fontes  Ordinaire por David Poulard, Neutrafaceslab desenhado por Susana Carvalho e Kai Bernau e arte dirigida por Christian Schwartz, Jannon por Frederick Storm, Dada por de Valence e Futura de Paul Renner, as frases foram colocadas em painéis de concreto usando letras de isopor para moldar. A criação e execução do projeto durou cerca de três meses.

Tendo cada quarto a característica de uma história única e diferente dos outros, não só reforça a identidade individual de cada espaço, mas também desperta a curiosidade dos visitantes para explorar a residência por toda parte. Nas áreas comuns, os fragmentos de texto de cada um dos quartos e autores foram compostos ao longo do teto para construir uma colagem das frases que permitem que os hóspedes percebam as histórias como um todo, percebendo um belo retrato desde jóia cultural.

Por este projeto a R2 Design foi homenageada no International Society of Typographic Design (ISTD) que é uma organização que desempenha um papel essencial no crescimento da importância internacional da tipografia, deu o prêmio “Premier” descrevendo o projeto pela excelência da abordagem conceitual e a forma como as composições tipográficas são apresentadas no espaço.

Também recebeu três outros importante prêmios como o Gold Award do European Design Awards em 2011 e o Red Hot de design de comunicação. Finalmente recebeu o Merit Award da Society of Environmental Graphic Design (SEGD), que considerou o projeto notável pela sua integração do trabalho gráfico com a arquitetura, bem como a sensibilidade, compreensão e criatividade de como a R2 interpretou o espírito cultural do edifício do século XIX.

cconto_sinalizar02cconto_sinalizar03cconto_sinalizar04cconto_sinalizar05cconto_sinalizar06cconto_sinalizar07cconto_sinalizar08cconto_sinalizar09cconto_sinalizar10sinalizar_especial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s